5 curiosidades sobre a casa-lar Lar Casa Bela

O Lar Casa Bela é uma instituição que oferece serviços de acolhimento cuja função principal é atuar como uma medida protetiva temporária para bebês, crianças e adolescentes que temporariamente não podem permanecer com as suas famílias de origem.


De maneira geral, o papel da casa-lar é acolher a criança ou adolescente enquanto a família se organiza para recebê-lo novamente ou então, se esta opção não for possível, até que os órgãos responsáveis possam direcionar os meninos e meninas para uma nova família.


O Lar Casa Bela foi fundado por Isabel Galvão Simon, ou Bel Simon para nós, em 12/08/2012, e os atendimentos tiveram início em 2014. Até hoje já realizamos 93 acolhimentos, oferecendo suporte completo em suas necessidades básicas, educação e desenvolvimento como ser humano. O nosso trabalho é mantido graças ao apoio de pessoas e empresas que compartilham da nossa visão de mundo e constroem esse caminho ao nosso lado.


Por aqui, ao longo do período de acolhimento, as famílias também são cuidadas e acompanhadas por equipes especializadas. Cada casa-lar tem suas particularidades, por isso, neste artigo, vamos compartilhar com você algumas curiosidades sobre a casa-lar que faz o nosso coração bater mais forte: o Lar Casa Bela.


1. Nós temos um piano


Desde que o Lar foi fundado, temos um piano na sala da casa-lar. Esse instrumento é uma paixão e habilidade da nossa fundadora Bel Simon e, também, torna-se um interesse especial de vários acolhidos. Quem tem seu coração tocado pelo instrumento, recebe a oportunidade de fazer aulas individuais. A nossa casa amarela é sempre musical, tem um clima de frescor com alegria no ar. E, assim, contagiamos também o nosso bairro. É frequente os vizinhos perguntarem de onde vem o som de piano que eles ouvem ao cair da tarde.


2. O amor nos guia


A segunda curiosidade sobre a casa-lar Lar Casa Bela pode parecer um pouco óbvia, mas é fundamental: a nossa equipe é apaixonada pelo que faz. Por aqui, só permanece quem tem brilho nos olhos, paz no coração e a certeza de um propósito mais que especial. Assim é com cada membro da equipe.


Como exemplo disso, temos a Carol, que foi a primeira psicóloga do Lar. Ela está na equipe antes de as crianças começarem a chegar ao nosso acolhimento. Foi ela quem nos ajudou a montar toda a metodologia técnica do serviço. Hoje, além de ser nossa supervisora, nos ajuda com toda parte estratégica e com novos projetos. Temos também a Kélen, que iniciou no Lar como estagiária na área administrativa, menina dedicada e com um brilho especial, constrói a sua história e cresce com o Lar Casa Bela a cada dia. Hoje, com muito orgulho, ela é a nossa coordenadora.


3. O carinho se estende aos parceiros e voluntários


Mensalmente enviamos um e-mail para os nossos parceiros e voluntários, no qual contamos as novidades, o trabalho desenvolvido pela equipe, acontecimentos e registros mais importantes daquele período.


É uma maneira carinhosa, para que os nossos parceiros se sintam mais próximos do dia a dia das crianças, acompanhem as alegrias e os desafios, além de ser uma forma de prestação de contas. Essa é a terceira curiosidade sobre a casa-lar. E se você ficou com vontade de fazer parte desse time, é só se cadastrar no formulário de contato do nosso site que entraremos em contato com você.


4. Cada acolhido tem uma agenda diferente


Atendemos diversas crianças e adolescentes, mas isso não significa que tratamos todos da mesma forma. Isso porque priorizamos a individualidade, buscando entender a singularidade de cada menino e menina.


Quando a criança ou adolescente chega, questionamos e ajudamos a descobrir quais são os seus interesses e aptidões e, de acordo com essas informações, é elaborada a agenda fixa da criança, que geralmente abrange esportes, música, cursos, atendimentos multidisciplinares, além do cronograma escolar. Sempre respeitamos o que a criança quer fazer, praticando este olhar individualizado a todo momento.


Dessa maneira, desenvolvemos uma agenda fixa semanal para cada acolhido. É extremamente trabalhoso para a equipe dar conta de tantas agendas e compromissos, mas é, igualmente, recompensador.


5. Somos ajudados e ajudamos outras instituições


A quinta curiosidade sobre a casa-lar é que nós também realizamos doações. Isso porque, todas as doações são sempre bem-vindas e fundamentais para mantermos o Lar Casa Bela, mas o que for excedente direcionamos a outras instituições.


Funciona assim: realizamos uma triagem de todos os itens que chegam, sempre priorizando o atendimento de nossas crianças. O que chega em demasia e que não é usado, ou que está próximo ao vencimento e não conseguiremos utilizar na casa a tempo, doamos para a Pastoral do Menor e outras organizações da cidade.


Assim, potencializamos a nossa rede do bem, ajudamos famílias que muitas vezes são famílias dos nossos acolhidos e outras crianças que necessitam. Alguns itens são vendidos no bazar do Lar Casa Bela por valores acessíveis, uma outra maneira de ajudar na geração de renda para a manutenção do projeto e também de ofertar o acesso a pessoas da comunidade a itens diversos.


Ainda nesse movimento, mensalmente realizamos com os nossos acolhidos o La Bela Doa, que é uma atividade na qual as crianças e adolescentes doam os pertences que não utilizam ou não querem mais, para dar um novo uso, seja para novos acolhidos do Lar ou de organizações parceiras.


Atualmente, cuidamos de 12 crianças e adolescentes, com programas e atividades especialmente pensados para eles.


E aí, gostou de conhecer mais o Lar Casa Bela? Fique por dentro das atividades que desenvolvemos com os nossos acolhidos e nos auxilie a continuar contribuindo para a comunidade em que estamos inseridos. Seu investimento na nossa causa é o que permite que nós continuemos distribuindo amor e cuidado, tornando a vida destas pessoas mais maravilhosa a cada dia!

32 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo