O impacto social das instituições no bem-estar das crianças

Fantasia e imaginação são muito presentes na mente infantil, fundamentais para que bebês e crianças atribuam sentido ao que aprendem, sentem e observam. Os estímulos recebidos passam por essa área lúdica da mente, que auxilia na compreensão de mundo, no desenvolvimento emocional e intelectual. Ser criança é sonhar. Porém, sabemos que para aquelas que são acolhidas por casas-lares uma dura realidade bateu na porta muito cedo. Por isso, temos o papel de oferecer-lhes a segurança necessária para lidarem com a situação. As atividades diárias realizadas podem ter grande impacto social na vida dos pequenos, e você também pode ajudar!


Dentre as atividades fundamentais para o desenvolvimento infantil das crianças acolhidas estão o respeito à sua história, o aprendizado escolar, a socialização com outras crianças, e o estabelecimento de vínculos com seus cuidadores e voluntários. É evidente que essas práticas só são possíveis quando as necessidades básicas da criança são atendidas. Isso significa, também, que é necessário existir uma rotina com refeições, higiene, cuidados adequados, acompanhamento médico e multiprofissional, brincadeiras e atividades em horários preestabelecidos.


Além disso, o voluntariado tem um impacto social gigantesco na vida das crianças, na medida em que o voluntário pode construir uma história com ela por meio do apadrinhamento afetivo.



Como é o acolhimento no Lar Casa Bela


Somos uma instituição de acolhimento temporário para os bebês, crianças e adolescentes, remanejados pelo poder judiciário ou pelo Conselho Tutelar, quando não estão recebendo os cuidados necessários para o seu pleno desenvolvimento. Nosso intuito é que, durante o período provisório que permanecem acolhidos no Lar Casa Bela, os seus direitos sejam atendidos, sendo bem cuidados e podendo sonhar.


Durante esse período no qual as crianças e adolescentes permanecem acolhidos, as suas famílias também serão cuidadas e acompanhadas por equipes especializadas. Alguns voltarão a viver com sua família de origem, enquanto outros serão redirecionados a outras famílias por meio da adoção. Nosso papel é fazer com que eles se sintam acolhidos, cuidados, não percam os seus laços afetivos, criem novas conexões e conheçam e se apropriem de suas histórias. Isso faz com que eles compreendam que são protagonistas de suas vidas e que o rompimento, temporário ou permanente, com a família de origem não significa uma ruptura com as relações humanas como um todo.


Saiba mais sobre como funciona o nosso trabalho de acolhimento.


O impacto social da doação de tempo e da constância


O voluntário tem um papel fundamental de doar sua atenção e cuidado às crianças que acolhemos. É fundamental entender que o impacto social do voluntariado reside em compreender o que as crianças precisam. São elas que estão em primeiro lugar quando selecionamos nossos voluntários. E assim é com toda e qualquer causa que necessita de apoiadores: é imprescindível entender que o impacto social gerado deve se dar de acordo com a necessidade da instituição e da causa abraçada.


No Lar Casa Bela, os voluntários podem trabalhar em diversas áreas de cuidados com as crianças, desde as ocupações básicas, saúde, educação, até o direito à infância e formação cidadã. Ressaltamos que uma preocupação nossa é com a constância de nossos voluntários. Isso porque, como abordamos no início do artigo, crianças não só gostam, como precisam de rotina para um bom desenvolvimento, e isso significa que estar em contato sempre com as mesmas pessoas gera confiança e o estabelecimento de laços afetivos.


Temos grande demanda para assistentes sociais, educadores, responsáveis pelo desenvolvimento de habilidades físicas e criativas, psicólogos, fonoaudiólogos e médicos. Mas também aceitamos pessoas que não tenham essas formações, porém que estejam em sintonia com o nosso trabalho, que valorizem o afeto, a empatia, o comprometimento e a dedicação.


Conheça sobre nossas formas de voluntariado.


Histórias entrelaçadas


Uma das ações que geram grande impacto social na vida das crianças que acolhemos é a disponibilidade dos voluntários de construírem uma história com elas. Nesse sentido, executamos o projeto “Fazendo Minha História”, com metodologia desenvolvida pelo Instituto Fazendo História. A ação oferece meios de expressão para que cada criança ou adolescente acolhido conheça e se aproprie de sua história de vida.


A metodologia é baseada no fato de que a dupla criança-adulto se aproxima afetivamente por meio da mediação de leitura. De maneira complementar, a prática oferece recursos para os meninos e meninas elaborarem suas vivências, além de despertar conversas e incentivar a construção do álbum de histórias. Esse material irá conter relatos, depoimentos, fotos e desenhos que fazem parte da vida das crianças e adolescentes e irá acompanhá-los pela vida.


O projeto é valioso na medida em que se trabalha com a reconstrução da realidade a partir da ótica da criança, dando a ela a oportunidade de expressar suas emoções e pontos de vista sobre as situações que passou e que está vivenciando. Da mesma forma, ajuda a ressignificar momentos dolorosos e a aproximá-la do voluntário. Afinal, estamos falando de pessoas e as relações sociais são fundamentais para a autoestima da criança acolhida.



Outras formas de impactar a vida das crianças


Sabemos que nem sempre sobra tempo em nossas vidas para a dedicação necessária ao voluntariado com as crianças. Uma forma de doar sem pesar no bolso é por meio da Nota Fiscal Paulista. Criada em outubro de 2007, faz parte do Programa de Estímulo à Cidadania Fiscal do governo do Estado de São Paulo e reduz a carga tributária individual dos cidadãos.


Para doar é necessário cadastrar seu CPF junto à Secretaria da Fazenda do Estado. Depois, seja pelo site ou pelo aplicativo, selecione a opção “Doação Automática Com CPF”. Então, escolha o Lar Casa Bela como entidade beneficiada e o período por qual deseja doar.


A doação com CPF, normalmente denominada como "doação automática", possibilita a doação recorrente e gera menos trabalho para o contribuinte. Além disso, o programa da Nota Fiscal Paulista realiza sorteios para que o doador e a organização escolhida por ele para ser beneficiada concorram a diversos prêmios. Confira nosso artigo completo sobre o tema e, se restar alguma dúvida, você pode consultar a cartilha do governo e o vídeo elaborado contendo o passo-a-passo.


Para ter mais informações sobre doações recorrentes ao Lar, clique aqui. Você também pode doar itens básicos, que necessitamos com frequência.


Por fim, uma forma de auxílio que faz uma grande diferença é divulgar as campanhas do Lar para os amigos e outras redes em seus grupos do WhatsApp. Sempre postamos em nosso Instagram sobre itens necessários para as crianças e ter o seu apoio em nossa rede é extremamente valioso!


Seja qual for a sua doação, o impacto social na vida das crianças será enorme! Participe da maneira que for possível e colabore com esse momento tão delicado para todos.